sexta-feira, 23 de abril de 2010

Vômito na madrugada 2

Mais um episódio da odisséia “vômito na madrugada”. Quem não leu o primeiro, é só ir rolando mais pra baixo no blog que acha. E digo odisséia baseado no comentário deixado lá pela minha querida prima Ivana: “Ricardo, eu já perdi as contas de quantas vezes Cacá e Dan já vomitaram em mim, tenha calma que o seu só tem 2 anos!”
Eram 1h48min, da madrugada.... Meu filhote Diogo nos acorda com o seu choro. Chegamos lá e percebemos que ela fora acometido de uma diarréia e deveria estar sentindo dores na barriguinha. Até aí, normal. Peguei-o, tirei a fralda e o pijama que havia sujado e levei-o pro chuveiro, enquanto a mamãe tirava o lençol que havia sido atingido também.
O moleque chorou bastante no chuveiro. Também ser pego na cama de madrugada e ser colocado debaixo do chuveiro... até eu. Mas, feitas as devidas higienizações, é hora de fazê-lo dormir de novo. Tava muito difícil, ele ficou agitado, choramingando e chamava pela mamãe o tempo todo. Então, logo que a mamãe terminasse de arrumar a caminha dele, eu o entregaria pra ela. Foi nessa hora que veio “banho”... quente, viscoso, fétido...
Diferentemente do descrito no post do primeiro episódio, em que ele só atingiu meu ombro esquerdo e parte das costa, dessa vez, do pescoço pra baixo, foi quase o meu corpo todo! Em três vomitadas estupendas!
O pior é que eu nem tenho o direito de ficar com nojo e esboçar mal-estar. Ainda tenho que ampará-lo enquanto o sofrido moleque chora com o enjôo, dizendo carinhosamente pra ele que vai ficar tudo bem, que vai passar e coisa e tal...
Confesso que eu quase vomito também que nem da outra vez. Mas, mais uma vez, eu resistir bravamente!
Aí, vamos nós dois ao chuveiro de novo.
Nessas horas eu agradeço a Deus pelas coisas simples da vida. Tipo ele não ter dormido na nossa cama (minha e da mamãe) essa noite, coisa que às vezes acontece; ter água no chuveiro, porque já pensou se não tivesse água nesse momento?? E a água ser morna ainda, porque se assim não fosse, água fria em plena madrugada ninguém merece; agradecer por termos o remédio em casa pra parar o vômito; e finalmente por termos TV por assinatura, o que facilitou o fato de eu ter que ficar acordado um bom tempo com ele até ser seguro deixá-lo dormir. Aí vem outra parte do drama: Ele perdeu totalmente o sono! Então, haja ver desenho e programas infantis na madrugada do Discovery Kids! Até mais de 5 da manhã...
Espero que essas postagens não sejam uma série tipo o filme Sexta-feira 13, que tem parte 1, 2, 3... vixe! Já pensou Vômito na madrugada 3, 4, 5... Socorro!!
Segundo minha prima Ivana, tudo isso é só o começo, “o seu só tem 2 anos!”
*

3 comentários:

Ju Marques disse...

Pobre Dioguinho! :P

Bruno Gomes disse...

Caramba, parece filme: Diogo - O Retorno!

"O pior é que eu nem tenho o direito de ficar com nojo e esboçar mal-estar."

haha
Mas é claro!
Você está padecendo no paraíso Dibão, nessa experiência da paternidade!

Abraços e melhoras para o Diogão!

Ivana disse...

Ricardo, só li hoje, com certeza Diogo já está 100% bom! Você me fez lembrar de alguns dos episódios de vômito, uma vez Dan vomitou no pai passeando na Lagoa dos Urubus, que é depois da dos Frades, e vieram vomitados até em casa, andando. Outra vez foi Cacá, a gente voltando de carro de Ilhéus, no meio da estrada, vomitou todo o banco de trás, imagine o resto da viagem! E uma das vezes que um vomitou no outro? Bjs